terça-feira, 7 de outubro de 2014

Os 13 Estados onde haverá 2º turno para governador

Amapá

Com 100% da apuração concluída, Waldez Góes (PDT) e o atual governador, Camilo Capiberibe (PSB), tiveram 42,18% e 27,53% dos votos válidos, respectivamente. O candidato Lucas Barreto (PSD) ficou em terceiro, com 13,86% dos votos válidos no Estado. 

Amazonas

O senador Eduardo Braga (PMDB), que aparecia na frente nas pesquisas, vai disputar com o atual governador José Melo (Pros), que se recuperou e segue com chance de manter o cargo. A disputa entre eles foi acirrada. Com 99,88% das urnas apuradas, Braga tinha 43,13% dos votos válidos e Melo tinha 43,05%. Marcelo Ramos (PSB) ficou em terceiro com 10,95% dos votos.

Ceará

Eunício Oliveira (PMDB) e Camilo Santana (PT) vão disputar o cargo de governador do Ceará no segundo turno. Com 99,83% dos votos contabilizados, o petista obteve 47,8% dos votos válidos, enquanto seu adversário do PMDB recebeu 46,41%. Eliane Novais (PSB) ficou em terceiro com 3,39% dos votos.

Distrito Federal

Rodrigo Rollemberg (PSB) vai disputar o governo do Distrito Federal com Jofran Frejat (PR) no próximo dia 26. Com 100% dos votos apurados, Rollemberg ficou com 45,23% dos votos válidos. Frejat ficou em segundo com 27,97%. O candidato à reeleição Agnelo Queiroz (PT) teve apenas 20,07% e está fora do segundo turno.

Goiás

O governador Marconi Perillo (PSDB) e o candidato Iris Rezende (PMDB) vão para o segundo turno em Goiás. Com 100% das urnas apuradas, Perillo ficou com 45,86% dos votos válidos. O peemedebista, por sua vez, teve 28,40% do total. Em terceiro ficou Vanderlan Cardoso (PSB), com 14,98% dos votos válidos.

Mato Grosso do Sul

Delcídio do Amaral (PT) e Reinaldo Azambuja (PSDB) disputarão o cargo de governador do Mato Grosso do Sul no segundo turno. Com 100% dos votos apurados, o petista ficou com 42,92% dos válidos, contra 39,09%, de seu adversário. Nelsinho Trad (PMDB), que era o candidato do atual governador André Puccinelli, ficou em terceiro, com 16,42% dos votos.

Paraíba

Confirmando as pesquisas de intenção de voto para governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB) e Ricardo Coutinho (PSB) foram os mais candidatos votados e vão disputar o segundo turno. Com 100% das urnas apuradas, o tucano obteve 47,44% dos votos válidos. O candidato à reeleição Coutinho, do PSB, recebeu 46,08%. Em terceiro lugar, Vital do Rêgo Filho teve 5,22% dos votos.

Rio de Janeiro

O atual governador do Rio de Janeiro, Luiz Eduardo Pezão (PMDB), vai enfrentar no segundo turno o candidato Marcelo Crivella (PRB). Com 100% das urnas apuradas, Pezão teve 40,57% dos votos válidos. Crivella obteve 20,26% dos votos válidos. Garotinho (PR) ficou em terceiro, com 19,73% dos votos válidos. A diferença entre Crivella e Garotinho foi de menos de 43.000 votos.

Rio Grande do Norte

Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD) vão disputar o governo do Rio Grande do Norte no segundo turno. Com 99,93% dos votos apurados, o atual presidente da Câmara dos Deputados teve 47,33% dos votos válidos. Seu adversário, o atual vice-governador do estado, recebeu 42,04%, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral. Robério Paulino ficou em terceiro lugar com 8,74% dos votos válidos.

Rio Grande do Sul

José Ivo Sartori (PMDB) e Tarso Genro (PT) vão disputar o segundo turno para governador do Rio Grande do Sul. Com mais de 100% das urnas apuradas, o peemedebista, que saiu da terceira posição nas pesquisas de intenção de voto, contou com 40,4% dos votos válidos. Genro, que tenta a reeleição, teve 32,57%. Ana Amélia Lemos ficou em terceiro lugar com 21,79% do total.

Rondônia

Confúcio Moura (PMDB) e Expedito Júnior (PSDB) vão disputar o segundo turno em Rondônia. Suas votações foram muito próximas: com 100% das urnas já apuradas, o peemedebista, que tenta a reeleição, contabilizou 35,86% dos votos válidos. Seu adversário tucano registrou 35,42% do total. Em terceiro lugar, Jaqueline Cassol (PR) teve 15,11% dos votos válidos.

Acre

A vitória de Tião Viana (PT) no primeiro turno, indicada inicialmente pela apuração, acabou não se concretizando. À medida que as últimas urnas eram contabilizadas, o governador e candidato à reeleição perdeu fôlego e vai ter que disputar o segundo turno com Márcio Bitar, do PSDB. Viana teve 49,73% dos votos válidos, contra 30,10% do adversário.

Roraima

Chico Rodrigues (PSB) disputa o governo com Suely Campos (PP), cuja candidatura foi confirmada pelo TRE-RR apenas na semana passada. Suely teve 100.973 votos (38,51%) e Chico recebeu 91.578 (34,93%) no primeiro turno.

Feliz Aniversário!