quarta-feira, 30 de outubro de 2013

O que planta colhe.

"E isto afirmo: aquele que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia com fartura com abundância também ceifará. Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria. Deus pode fazer-vos abundar em toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, ampla suficiência, superabundeis em toda boa obra." 2 Coríntios 9:6-8

O conceito bíblico de plantio e colheita se refere ao principio da multiplicação sobrenatural e divina do Reino de Deus. Quanto mais semearmos, mais vamos colher e se for bom o que semearmos colheremos coisas boas. Interessante desta passagem que Deus "pode" fazer abundar toda graça. Ele pode, mas não significa que é obrigado. Por isso devemos plantar nossas sementes na esperança da colheita, mas não devemos tornar isso a principal motivação do nosso coração e esperar que Deus obrigatoriamente nos envie a colheita, além do que vale mais nosso galardão no céu do que a colheita aqui na terra.


Oração: Senhor Pai misericordioso, reconheço Sua grandiosidade e soberania e Sua capacidade de fazer abundar toda graça. Também reconheço Sua generosidade e vontade de satisfazer nossos desejos. Então quando eu plantar minhas sementes, sejam elas de amor, esperança, consolo, fé e piedade, ou sejam elas financeiras e materiais, que eu faça com alegria e não motivado somente pela colheita. Eu se eu ainda não pratico na minha vida o "semear" do Reino de Deus, me capacita para que eu experimente a graça maravilhosa da multiplicação. Amém.

Feliz Aniversário!